terça-feira, 17 de junho de 2008 ~ .. mais perto quero estar, da Tua plenitude.
São tantas coisas acontecendo, tantas pessoas se movendo e você acaba esquecendo do que realmente importa. Parei e me perguntei '' O que eu quero: viver como mais uma ou fazer a diferença? '' e não apenas na parte de fazer o bem e lutar pela prosperidade, mas sim em minhas atitudes. Eu quero mostrar que eu sou uma flor do jardim de Deus acima de tudo e todos, acima de minhas vontades e sonhos próprios. Eu quero sonhar os planos Dele pra mim.. que difícil é viver assim!

Porque eu estou escrevendo esse monte de coisas agora e aqui? Simples. Estava aqui orkutando como de costume, e acabei acessando o perfil de uma colega da igreja. Lendo o perfil dela, encontrei este texto:

'' Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine.
Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei.
E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará.
O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal;
Não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará; porque, em parte, conhecemos e, em parte, profetizamos.
Quando, porém, vier o que é perfeito, então, o que é em parte será aniquilado. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, pensava como menino; quando cheguei a ser homem, desisti das coisas próprias de menino.
Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente; então, veremos face a face. Agora, conheço em parte; então, conhecerei como também sou conhecido.
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.

[1 Coríntios, 13] ''

Ler este texto me faz pensar. Me fez lembrar, na verdade.. lembrar que tenho tantas dúvidas, porém existe um livro que encontro todas as respectivas respostas. Um livro que nos mostra a beleza de viver, de um jeito bonito escrito.
As pessoas perdem tanto tempo se questionando se aquelas histórias, passagens e versículos são concretos, sendo que é bem mais fácil acreditar que aquele livro serve para nos servir de apoio, espécie de guia. Procure, não há um sequer pensamento que tem idéia de maldade, só nos ensina a viver melhor. Viver por algo, viver em algo, viver algo.



<$I18NNumComments$>:

<$CommentPager$>
<$I18NCommentAuthorSaid$>

<$BlogCommentBody$>

<$BlogCommentDateTime$> <$BlogCommentDeleteIcon$>
<$CommentPager$>

<$BlogItemCreate$>

<$BlogItemFeedLinks$>

Links para esta postagem:

<$BlogBacklinkControl$> <$BlogBacklinkTitle$> <$BlogBacklinkDeleteIcon$>
<$BlogBacklinkSnippet$>
postado por <$BlogBacklinkAuthor$> @ <$BlogBacklinkDateTime$>

<$BlogItemBacklinkCreate$>

<< Página inicial